Consumo de carne e queijo relacionado com desenvolvimento de Alzheimer

Consumo de carne e queijo relacionado com desenvolvimento de Alzheimer

  • Lucas Alvarenga
  • Lucas Alvarenga

“Comer carne e queijo é como ir adicionando balas num revólver para brincar de roleta russa, no que diz respeito ao mal de Alzheimer”.

A afirmação acima é do Dr. Neal Barnard, do Instituto de Aspen. Segundo ele, “quem quiser reduzir drasticamente o risco de desenvolver Alzheimer precisa adotar uma dieta sem carne. Ao completar 85 anos, metade dos americanos terão desenvolvido a doença. Uma pesquisa conduzida nos últimos 20 anos estabelece uma grande relação entre essa estatística e o consumo de gorduras saturadas encontradas em carnes e laticínios e gordura trans de snacks (salgadinhos industrializados) e frituras em geral.”

O Projeto Chicago Health and Aging começou a monitorar a alimentação da população idosa de um bairro birracial em Chicago em 1993. Uma década depois, os resultados mostraram que pessoas com um alto índice de consumo de gordura trans e gordura saturada têm um risco de 2 a 3,5 vezes maior de desenvolver a doença. Ou seja, se você tem colesterol alto, as chances de desenvolver Alzheimer aumentam muito. A solução apresentada, uma dieta à base de ingredientes vegetais, fundamenta-se no fato de que o colesterol ruim só é encontrado em produtos de origem animal. Também foi constatado que as pessoas que consomem mais vitamina E apresentam um risco 50% menor de vir a sofrer de Alzheimer. Importante ressaltar a recomendação de que essa vitamina E deve vir da ingestão de castanhas, vegetais folhosos e grãos, não de suplementos.

“A prática de exercícios físicos é extremamente benéfica, mas não pode substituir os benefícios de uma boa dieta para a saúde.”

Barnard é professor de medicina na Universidade George Washington, em Washington DC, e presidente do Comitê Médico por uma Medicina Responsável.

Para ler a matéria completa em inglês, clique aqui.

Para evitar essa e outras doenças, baixe agora seu Guia Vegetariano Gratuito!